Polícia Civil prende mentor de bando que roubou centrífuga de R$ 180 mil

Malavolta Jr./JC Imagens


Criminosos armados fizeram reféns em Duartina e roubaram centrífuga, em janeiro de 2018

A Polícia Civil prendeu o homem apontado como o mentor do roubo de uma centrífuga usada para desnatar leite, avaliada em R$ 180 mil. O crime ocorreu em Duartina (38 quilômetros de Bauru), em janeiro de 2018, e o último autor foi preso, na tarde desta quinta-feira (25), em um condomínio de alto padrão em Bauru. B.R.S. já havia sido condenado a 16 anos de reclusão pela Justiça e, agora, se junta aos dois comparsas do assalto, que já cumprem pena.

Segundo Paulo Calil, delegado que integra a Polícia Civil de Duartina e responsável pelas investigações, dos três integrantes da organização criminosa que cometeu o roubo há dois anos, apenas B.R.S. estava foragido. Ele, inclusive, é considerado como o mentor da ação.

“Até que ele foi localizado, nesta semana, em um condomínio de alto padrão, em Bauru. Então, com o mandado de prisão em mãos, pedimos apoio da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais) da cidade, que, por meio do GOE (Grupo de Operações Especiais) e da 1.ª DIG (Delegacia de Investigações Gerais), tiveram êxito em prendê-lo ontem (quinta) à tarde”, destaca.

Segundo a polícia, a prisão ocorreu na região Sul da cidade, por volta das 17h30, e o homem foi encaminhado para a Cadeia Pública de Avaí.

OPERAÇÃO CONJUNTA

Para o coordenador do GOE e delegado da assistência policial da Deic, Kléber Granja, foi um trabalho importante entre a Polícia Civil de Duartina e a de Bauru. “É um infrator de periculosidade bem alta, justificado pela condenação de 16 anos dada pela Justiça. Ele estava em liberdade e podendo articular outros delitos violentos, como o de 2018, com outros grupos. Então, encerramos um ciclo da Polícia Judiciária, de investigação e operacional, tirando de circulação um criminoso perigoso”.

Granja ainda ressalta que B.R.S. também é suspeito de ter participado de outros roubos com emprego de armas de fogo, com mais de dois comparsas, e apresentava “grave ameaça para a sociedade”.

RELEMBRE O CASO

Conforme o JC noticiou, em 26 de janeiro de 2018, criminosos armados entraram em uma empresa que conserta máquinas centrífugas, em Duartina. Os assaltantes renderam e amarraram os funcionários e o proprietário da firma. Alguns chegaram a ser agredidos.

Poucas horas após a ação, dois integrantes foram localizados pela Polícia Militar (PM) no Gasparini, em Bauru. Na ocasião, as equipes recuperaram a máquina centrífuga e mais R$ 3,2 mil em dinheiro, que haviam sido levados do estabelecimento.



Arma de Fogo é na Pantanal Armas de Fogo



Suporte via whatsapp!





Lanterna Tática SFX

A Lanterna Tática SFX foi construída por especialistas em artefatos militares. Você só encontrará estas tecnologias na SFX e em nenhuma outra lanterna. As maiores autoridades em segurança utilizam a nossa tecnologia por ser Única, Incrível e Poderosa.

Lanterna Tatica

-
× Como posso te ajudar?