Wilson Witzel divulga balanço da Segurança Pública no Rio



Arma de Fogo é na Pantanal Armas de Fogo



Suporte via whatsapp!


Em artigo publicado sobre as políticas de segurança pública aplicadas durante o governo em 2019, Wilson Witzel destacou, entre outras questões, redução de roubos e número de crimes violentos letais intencionais na cidade de São Gonçalo.

Segue o artigo na íntegra:

“Após anos de desgoverno, assumimos a administração do estado com disposição para colocar as finanças em ordem, retomar investimentos e parar a escalada da violência. A segurança pública é um desafio gigantesco. Lutamos dia a dia, incansavelmente, para que a população possa viver aqui em paz, com segurança para suas famílias, na Região Metropolitana e nas cidades do interior.

A política de segurança é baseada em inteligência, investigação e aparelhamento das polícias Civil e Militar, que têm agido com rigor contra todas as organizações criminosas, sejam elas formadas por milicianos ou traficantes.

Investimos na aquisição de 14 mil novos coletes balísticos, 15 mil pistolas Glock e 4.710 novas viaturas, além de recomposição do efetivo. Temos 765 novos PMs nas ruas do estado e outros 1.200 praças estão em formação. Na Polícia Civil, o reforço foi de 391 novos agentes este ano.

Estamos colhendo os frutos dessa política. Dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) mostram que, desde o início do ano, o número de homicídios dolosos está no menor nível em 28 anos e os crimes de letalidade violenta caíram, quando comparados ao mesmo período do ano passado.

Os comandos dos batalhões da Polícia Militar atuam com base nas análises das manchas criminais locais, por meio de informações colhidas pelo Setor de Inteligência da Unidade. Realizado com viaturas e motocicletas, o policiamento tem foco em coibir ações de criminosos. 

As ações dessa política de segurança pública vêm sendo comprovadas por resultados, mês a mês. Investigações feitas pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas (Draco) e de outras unidades já resultaram na prisão de 377 milicianos pela Polícia Civil.

Entre janeiro e outubro, houve aumento de 60,4% no índice de elucidação de crimes na comparação com o mesmo período de 2018. Também aumentamos a elucidação dos chamados crimes de letalidade violenta (homicídio, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e morte por agente do estado), em comparação com os dez primeiros meses de 2018.

Em São Gonçalo, cidade com mais de um milhão de habitantes e muitos desafios para a segurança pública, conseguimos avançar de forma significativa.

Na cidade, de janeiro a outubro, de acordo com os dados do ISP, conseguimos reduzir em 22,2% o número de crimes violentos letais intencionais. Em termos absolutos, atingimos o menor patamar nesse tipo de crime desde o início da série histórica, em 2003. Na estatística de homicídios dolosos, também atingimos o menor nível desde 2003, com recuo de 23,1%.

Mas não só: o roubo de veículos recuou 23,4% e o de cargas diminuiu 18,2%. Também ficou menor o total de roubos de ruas, com queda de 9,9%.

Todo esse avanço é importante e não vamos parar. Continuaremos investigando, acuando o crime organizado e reduzindo as estatísticas de homicídios. Já foram mais de 900 vidas poupadas este ano. Em outra frente, estamos criando ainda o Segurança Presente nas Estradas para coibir o roubo de cargas e aumentar a apreensão de contrabando e de produtos piratas.

O Estado do Rio vai, assim, voltando a ser um lugar seguro para todos”.




Lanterna Tática SFX

A Lanterna Tática SFX foi construída por especialistas em artefatos militares. Você só encontrará estas tecnologias na SFX e em nenhuma outra lanterna. As maiores autoridades em segurança utilizam a nossa tecnologia por ser Única, Incrível e Poderosa.

Lanterna Tatica

-
× Como posso te ajudar?